Márcia Cristina Gonçalves de Souza



Currículo Completo

Carioca, formada em jornalismo, iniciou a carreira na área de Comunicação Social de uma grande empresa do mercado financeiro. Atuou também como repórter de TV em Salvador e editora de reportagens em Curitiba.
Em 1995 passou para a área de negócios gerenciando a revisão de rotinas operacionais e em seguida foi gerente geral de unidades de negócios na Bahia por mais de 12 anos.
Pós-graduada em Gerência de Marketing pela ESPM/SP (ministrado em Salvador) e MBA em Gestão Empresarial pela Universidade Católica de Salvador em parceria com a UFRJ.
Sua experiência profissional foi a fonte de inspiração para escrever o livro “Ética no Ambiente de Trabalho – Uma abordagem franca sobre a conduta ética dos colaboradores”, lançado em 2009 pela Editora Elsevier-Campus.
No livro, assim como nas palestras e workshops, Márcia defende que as empresas preocupadas com as questões de sustentabilidade estão investindo em ética nos negócios, mas que a empresa que pretende ser verdadeiramente ética, e ser reconhecida por isso, precisa contar com o trabalho de colaboradores éticos. Assim, não basta criar um Código de Ética sem investir no desenvolvimento da consciência ética junto aos colaboradores. Afinal, a atuação empresarial é o resultado de decisões e atitudes de todos os seus representantes.
A concepção pessoal do que é eticamente correto varia conforme a formação, cultura, caráter e vivências individuais.
Sendo assim, diferentes interpretações de situações cotidianas do trabalho comumente dão origem a decisões não alinhadas com o ideal de comportamento ético adotado pela direção.
Atitudes impensadas podem destruir a reputação da empresa e a carreira do empregado. É justo, portanto, que as empresas procurem reduzir esse risco dando oportunidade a seus colaboradores de conhecer a cultura corporativa desde o momento da admissão no emprego e evitando que haja erros provocados por desconhecimento, desinformação e, até mesmo, por ingenuidade.
Com vários exemplos baseados em fatos reais, a autora analisa condutas antiéticas praticadas no cotidiano das empresas que ainda são aceitas e até mesmo consideradas normais. São comportamentos que privilegiam os interesses pessoais em detrimento dos interesses da empresa. Obviamente que a conseqüência é a existência de um alto custo invisível. Um ambiente de trabalho onde os comportamentos antiéticos não são inibidos compromete a produtividade, a lucratividade e até mesmo a imagem da empresa, gerando prejuízos, desmotivação e possível perda de talentos.

 
  Atividades
Jornalista
Consultora Empresarial
Escritora
Palestrante

Títulos
Comunicação Social - Jornalismo - Universidade Gama Filho - 1982
Gerência de Marketing - Curso de Extensão - PUC/RJ - 1984
Gerência de Marketing - ESPM/SP - Realizado em Salvador/BA - 1997
MBA Gestão Empresarial - Universidade Católica de Salvador em parceria com a UFRJ - 2004

Livros Publicados
Ética no ambiente de Trabalho - Editora Elsevier - Campus - Rio de Janeiro, 2009

Prêmios e Homenagens
Liga Bahiana Contra o Câncer - reconhecimento pelo Conselho Deliberativo pela atuação em ação de Responsabilidade Social - setembro/2004

Publicações
Revista Defesa Latina - Editora de Cultura - articulista de Ética
Gazeta de Vitória - Caderno de Economia - Você sabe como agir no ambiente de Trabalho? - entrevista - 21/06/2009
Jornal de Empregos e Estágios - SP - A ética no campo empresarial - entrevista - 15/05/2009
Portal InfoMoney - Suas Finanças - Ética Profissional - entrevista - 20/04/2009
Ética no trabalho - Estadão / Online - 14/04/2009